Transmissão de ebola na África começou por contato entre animal e humano

Surto do vírus ebola deste ano deve ter começado em fevereiro, em Guiné Reprodução/ DailyMail

Um estudo divulgado na revista Science na última quinta (28) comprovou que o surto do vírus ebola na África começou por causa do contato direto entre uma pessoa e o portador da doença, provavelmente um morcego.

A pesquisa foi realizada com dezenas de cientistas do mundo todo, que conseguiram traçar o caminho da doença desde o seu surgimento até os dias atuais. Os pesquisadores analisaram o genoma do vírus em 78 pacientes da Serra Leoa e, com isso, foi possível analisar o padrão de transmissão nas primeiras semanas.

Remédio contra o ebola demonstra sua efetividade em primatas

O resultado do estudo diz que o variante do vírus do ebola surgiu no oeste da África provavelmente em fevereiro deste ano, em Guiné, e atingiu os moradores da região por causa de um contato direto entre uma pessoa e o animal.

Além de trazer mais informações sobre o surto, essa descoberta pode ser vital para a criação de uma vacina que possa combater de maneira eficaz essa variação do vírus ebola.

Veja como foi o treinamento contra o ebola no Brasil:

R7 – Saúde

Estudo mostra que tomar iogurte abaixa a pressão arterial; veja outros alimentos

iG São Paulo

Após dois meses de consumo, participantes tiveram redução da pressão arterial; resultado entre hipertensos foi ainda melhor

Existe um motivo a mais para ingerir iogurte regularmente. Além de serem ótimos para o funcionamento do intestino e darem uma turbinada no sistema imunológico, um novo estudo afirma que os probióticos (as boas bactérias encontradas no iogurte) podem melhorar a pressão arterial.

Leia: Sete sinais de que você corre o risco de se tornar hipertenso

Um estudo realizado na Universidade de Griffith, na Austrália, analisou nove novas pesquisas que examinaram a relação de probióticos e pressão arterial. Ao todo, os estudos envolveram 543 pessoas que tomaram probióticos regularmente por um período de dois meses. No fim deste período, foi observado que aqueles que tomaram probióticos tiveram uma redução leve tanto na pressão sistólica (o número mais alto) quanto na pressão diastólica (o número mais baixo) .

Leia também: 
25% dos hipertensos não tomam os remédios de modo adequado
Alimentos ‘proibidos’ para hipertensos

O estudo mostrou que aqueles que tinham pressão arterial igual ou maior a 130/85, que é considerada alta, tiveram resultados ainda maiores na redução da pressão arterial diastólica. Probióticos com mais bactérias também causaram melhor resultado.

O motivo da melhora na pressão arterial está relacionado com os outros benefícios à saúde provocado pelos probióticos. “Acreditamos que os probióticos podem ajudar a baixar a pressão arterial por ter outros efeitos positivos sobre a saúde: melhora as taxas de colesterol, reduz a resistência de glicose e insulina do sangue e e ajuda a regular o sistema hormonal que regula a pressão sanguínea e balanço hídrico”, disse Jing Sun, autor principal da pesquisa publicada no periódico científico Hypertension, da Associação Americana do Coração.

Veja outros alimentos indicados para o controle da pressão arterial:

O grão de bico e outras leguminosas são ricos em potássio e ajudam a reduzir a pressão

O grão de bico e outras leguminosas são ricos em potássio e ajudam a reduzir a pressão

Foto: Getty Images

O feijão, além de ser ótimo para o prato do brasileiro, também é fonte de potássio

O feijão, além de ser ótimo para o prato do brasileiro, também é fonte de potássio

Foto: Divulgação

O suco de uva integral é rico em resveratrol e antocianinas, antioxidantes que

O suco de uva integral é rico em resveratrol e antocianinas, antioxidantes que “relaxam” os vasos sanguíneos e ajudam no controle da pressão

Foto: Getty Images

Suco de cranberry é rico em flavonóides, ótimos para a saúde do coração

Suco de cranberry é rico em flavonóides, ótimos para a saúde do coração

Foto: Getty Images

Sal light é rico em potássio e mais indicado para quem tem pressão alta

Sal light é rico em potássio e mais indicado para quem tem pressão alta

Foto: Thinkstock/Getty Images

O alho é rico no antioxidante alicina que combate o colesterol e auxilia no fluxo sanguíneo

O alho é rico no antioxidante alicina que combate o colesterol e auxilia no fluxo sanguíneo

Foto: Thinkstock/Getty Images

O cacau é mais indicado que o café, pois flavonoides ajudam no funcionamento dos vasos sanguíneos

O cacau é mais indicado que o café, pois flavonoides ajudam no funcionamento dos vasos sanguíneos

Foto: Edu Cesar/Fotoarena

O gergelim reduz o risco de aterosclerose e evita a oxidação do LDL, é ótimo para o coração

O gergelim reduz o risco de aterosclerose e evita a oxidação do LDL, é ótimo para o coração

Foto: Getty Images






Saúde: bem-estar, dicas de alimentação, dieta e exercícios – iG